Comprar um Nintendo Switch no Brasil está cada vez mais difícil, principalmente para quem procura uma boa oferta entre os vendedores do Mercado Livre. A plataforma de e-commerce está retirando anúncios referentes ao novo console da Nintendo, e notificando seus responsáveis.

A polêmica veio à tona com um comunicado feito pela loja online Alcatra Games em sua página no Facebook, em que informou a retirada de seus anúncios do console na plataforma por causa da decisão do Mercado Livre de restringir a  venda de produtos Nintendo. Ainda segundo a publicação, as lojas que insistirem em anunciar poderão ter seus perfis suspensos ou excluídos.

Questionamos o Mercado Livre a respeito da decisão e fomos respondidos pela sua assessoria de imprensa:

“O Mercado Livre, companhia de tecnologia líder em e-commerce na América Latina, esclarece que a venda do Nintendo Switch por terceiros é proibida pela legislação brasileira, uma vez que o produto ainda não foi lançado no mercado nacional pela Nintendo ou distribuidor autorizado e também não possui os registros pelas agências reguladoras competentes. Desse modo, e conforme previsto em nossos termos e condições, o produto ainda não pode ser comercializado no site.”

Em 2015 a Nintendo anunciou a saída do Brasil, sendo a Gaming Brasil sua representante oficial. Os motivos alegados foram as tarifas cobradas no país para a produção e distribuição de jogos.

Recentemente alguns jogos para Nintendo Switch e 3DS passaram pelo processo de classificação indicativa, e parte desses jogos seriam importados pela NC Games com valor de R$ 330 a R$ 400. O recém anunciado Mario + Rabbids: Kingdom Battle será distribuído pela Ubisoft. Vale lembrar que o Nintendo Switch também já passou pelo processo de aprovação da ANATEL.

Apesar da decisão do Mercado Livre, ainda é possível encontrar alguns anúncios do console. Em uma pesquisa feita nesta manhã, acessórios como películas e cases predominam entre os resultados.

Compartilhar
Teve seu primeiro contato com um Atari 2600 aos 5 anos, e desde então nunca mais parou. Fanático por RPGs, jogos de ação e old games como Sonic e Castlevania, está sempre jogando quando o tempo permite - ou quando seu trabalho como designer não impede de se divertir.