Quando vi essa notícia hoje, logo pela manhã, um pequeno sorriso brotou na minha face e uma grande frustração se instalou em meu peito. Devo dizer que finalmente a Square-Enix conseguiu colocar uma pedra no meu interesse pelos futuros remakes da saga Final Fantasy.

Quem me acompanha sabe que, poucos dias atrás, finalmente consegui botar as minhas mãos nos dois remakes que saíram para o Nintendo DS da saga Final Fantasy: Final Fantasy III e Final Fantasy IV. Demorei, mas finalmente estou jogando o jogo como ele deve ser jogado: encartes, manuais, caixinha e fitinha cinza escuro.

Mas enfim, o assunto é outro. Hoje, logo assim que saí da cama, fui surpreendido por um aviso no twitter vindo do @UolJogos falando sobre o anúncio de um site de classificação norte-americano listando Final Fantasy V, o remake de um dos meus Final Fantasy favoritos, saindo para PS3 e PSP (fica a pergunta pertinente, qual PSP?) e isso me desanimou fortemente.

A Square-Enix estava com um costume interessante. Lançou remakes do I ao VI para GameBoy Advance, depois lançou o I e o II para PSP, deu aos nossos olhos as duas maravilhas que conhecemos como Final Fantasy III e IV DS e lançou uma coletânea para o PSP com o Final Fantasy IV + The After Years, um dos Wii-Ware de maior sucesso da Nintendo.

Até aí, minha esperança seria que a S-E quebrasse o paradigma de lançar dois Final Fantasy para cada console, e o Final Fantasy V,com Bartz e seu Chocobo, e seu maravilhoso (porém, cansativo) sistema de Jobs viesse para o Nintendo 3DS, juntamente com o Final Fantasy VI, de Terra e cia., com um dos melhores backgrounds de história que já vi num vídeo game, quase se assemelhando ao amor que tenho pela história de Final Fantasy IV.

Porém, com esse anúncio, de lançar esse remake para o PS3 (pra mim, um grande erro, mas sou apenas um dos que não gostam desses remakes em consoles de mesa) e pro PSP (novamente, uma plataforma já morta) ou pro NGP (não tá especificado, mas enfim, pode sair nele) me tirou todo interesse. Parece que a Square-Enix não fez as lições de casa corretamente quando lançou o Final Fantasy III (que inclusive saiu pro iOS, a MESMA versão do NDS, apenas melhorando os gráficos) e o Final Fantasy IV (colocaram os vídeos da versão do NDS no pacote que saiu pro PSP) e vai arriscar na Sony novamente.

Desejo sorte para esse jogo, sério. Eu, eterno apaixonado pelos jogos antigos da saga Final Fantasy, tô puxando meu carro desse lançamento.

Vi primeiro aqui.

Adendum: Fiquei MAIS DECEPCIONADO AINDA quando vi que o jogo sequer será mídia física. Ê Square-Enix hein